Daniel no Rádio



Pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta terça-feira (17) pelo jornal "Folha de S.Paulo" indica que 57% dos entrevistados apoiam a prisão de réus após condenação em segunda instância.

O Datafolha ouviu 4.194 pessoas em 227 municípios entre os dias 11 e 13 deste mês. A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os resultados são os seguintes:

57% apoiam prisão após condenação em segunda instância

36% defendem prisão após esgotados todos os recursos possíveis

6% não souberam responder

O apoio ao entendimento da prisão a condenados em segunda instância é maior nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Entre pessoas que declararam o PT como partido de preferência, 57% são contrários à prisão após condenação em segunda instância, caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso no Paraná desde 7 de abril. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 17/04/2018 - 09:46:42  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 1.67/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1.7/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, voltou a defender nesta segunda-feira (16) a possibilidade de executar pena de prisão após condenação em segunda instância e a redução do foro privilegiado para políticos e autoridades nas cortes superiores.

Durante palestra num congresso na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, ela disse que tais medidas reforçam a autoridade dos juízes de primeira instância e dos tribunais de segunda instância.

"Nos acostumamos a um modelo em que a autoridade do juiz e do tribunal de segunda instância era muito fragilizada em um sistema de quatro instâncias. Ficava-se sempre aguardando a resposta de cortes superiores", afirmou a procuradora para uma palestra formada de estudantes de Direito.

"Esse sistema tem restabelecido, o que em qualquer pais é muito importante, a autoridade do Judiciário desde a primeira instância. É um fator que tem sido compreendido pela população como relevante, e acho que é muito essencial. Cada juiz precisa ter a autoridade da sua própria decisão garantida", disse a procuradora-geral sobre a execução da pena", completou Dodge.

Em 2016, a Procuradoria Geral da República (PGR) defendeu a possibilidade de prender um criminoso após a condenação em segunda instância, tese aprovada no Supremo Tribunal Federal (STF) por maioria de 6 votos a 5. No entanto, recentemente, cresceu a pressão sobre a Corte para rever essa possibilidade. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 22:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.5/5 (6 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos da Universidade de Pernambuco (CPCA/UPE) divulgou o calendário para o seu processo de ingresso 2019. As inscrições para as três fases do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da UPE iniciarão na próxima quarta-feira (18) e vão até o dia 1º de agosto.

Os interessados devem ficar atentos, pois as inscrições só podem ser feitas pela internet, através do site processodeingresso.upe.pe.gov.br. A taxa custará R$ 97 e é obrigatório que o candidato possua CPF próprio e conta de e-mail válida. O prazo para quem deseja solicitar isenção é do dia 18 a 25 de junho.

O calendário de provas também foi divulgado pela UPE. Entre os dias 18 e 19 de novembro, pela manhã, será realizado o SSA 3 (para alunos que estão concluindo o Ensino Médio) - é apenas na realização dessa prova que os estudantes vão poder escolher o curso para o qual querem ingressar no período da manhã. Já o SSA 1 será aplicado aos concluintes do 1º ano do Ensino Médio nos dias 2 e 3 de dezembro, também pela manhã; e as provas do SSA 2 (para os alunos que estão concluindo o 2º ano) serão realizadas no dias 2 e 3 de dezembro no turno da tarde.

Até o começo do mês de junho, a CPCA/UPE deverá divulgar os detalhes, novidades e mudanças para a seleção dos alunos aprovados no SSA deste ano, no lançamento do Processo. Em caso de dúvidas, os estudantes devem entrar em contato através dos telefones (81) 3183-3660 e 3183-3791, no e-mail: processodeingresso@upe.br ou ainda no endereço eletrônico: processodeingresso.upe.br. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 20:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.20/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.2/5 (5 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O presidente da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Alexandre de Moraes, marcou para esta terça-feira (17) o julgamento sobre a recebimento da denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) em um dos inquéritos resultantes da delação do empresário Joesley Batista, da JBS.

O relator do caso é o ministro Marco Aurélio Mello, que integra a Primeira Turma junto com Moraes, Luiz Fux, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso. Segundo a denúncia, apresentada há mais de 10 meses, Aécio solicitou a Joesley Batista, em conversa gravada pela Polícia Federal (PF), R$ 2 milhões em propina, em troca de sua atuação política. O senador foi acusado pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, dos crimes de corrupção passiva e tentativa de obstruir a Justiça. (ABr)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 19:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Juiz da 12ª Vara da Justiça Federal em Brasília , Marcus Vinicius Reis, autorizou os depoimentos de 42 pessoas no processo em que amigos do presidente Michel Temer se tornaram réus acusados de integrar uma organização criminosa.

O juiz atendeu a pedido do Ministério Público Federal no Distrito Federal. Do total de 42 testemunhas, a maioria é de delatores - 36 são colaboradores da Lava Jato - que serão ouvidos no processo do chamado "quadrilhão do MDB".

Entre os réus dessa ação penal, estão os ex-deputados Eduardo Cunha e Henrique Alves e os amigos do presidente Michel Temer João Batista Lima Filho, ex-coronel da Polícia Militar de São Paulo; o advogado José Yunes, ex-assessor de Temer; e o ex-deputado e ex-assessor da Presidência Rodrigo Rocha Loures.

Entre as testemunhas a serem ouvidas no processo estão o ex-ministro Antônio Palocci , o empresário Marcelo Odebrecht, do grupo Odebrecht; Ricardo Pessoa, da empreiteira UTC; o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró ; o operador Fernando Baiano; o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado e o ex-senador Delcidio do Amaral.

O Ministério Público diz que Yunes e Lima serviam de emissários e arrecadadores de propina para o partido e para Temer. De acordo com o MP há suspeita de que Loures fosse emissário de Temer na Caixa Econômica Federal em um suposto esquema de desvios. Todos negam as acusações. O MP pediu as prisões dos investigados sob o argumento de que havia risco de cometerem crimes, mas o juiz Marcus Vinicius Reis negou o pedido. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 18:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.67/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.7/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O papa Francisco afirmou neste domingo que Deus não abandona as pessoas boas, ao responder a uma pergunta feita por um menino que queria saber se seu pai, que era ateu e morreu há pouco tempo, estava no céu.

Durante uma visita à paróquia do bairro de Corviale, na periferia de Roma, Francisco respondeu às perguntas dos fiéis, entre os quais estava Emanuele, um menino de oito anos, cuja voz estava embargada pelo choro.

Diante desta situação, o papa lhe encorajou a fazer sua pergunta perto de seu ouvido, lhe abraçou e ambos conversaram durante alguns minutos. Posteriormente, o pontífice pediu permissão ao menino para revelar sua inquietação.

Francisco explicou então que Emanuele lhe contou que seu pai havia morrido há pouco tempo e que, embora não fosse crente, tinha batizado seus quatro filhos, mas sua dúvida era "se o papai estava no céu".

"Que lindo que um filho diga que seu pai era bom. Um lindo testemunho daquele homem para que seus filhos possam dizer dele que era um homem bom. Se esse homem foi capaz de ter filhos assim, é verdade que era um grande homem", declarou o papa. (Agência EFE)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 17:09:02  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Papa Francisco celebrou a missa na capela da Casa Santa Marta, na manhã desta segunda-feira (16/04).

Em sua homilia, o Pontífice advertiu a não seguir Jesus por "interesse", ou seja, pelos milagres que realiza, e exortou a buscá-lo pela fé, para ouvir a sua Palavra. Portanto, é necessário refrescar a memória sobre o que o Senhor realizou em nossa vida a fim de responder com amor.

Não procurar Jesus pelos milagres

O Papa se inspirou no Evangelho de João, da liturgia de hoje, onde se narra que depois da multiplicação dos pães e dos peixes, uma multidão queria fazer de Jesus rei e o procurou não apenas para ouvi-lo, mas por "interesse", porque fazia milagres.

Jesus, no entanto, se retira e, quando encontra a multidão, a repreende: "Estais me procurando não porque vistes sinais, mas porque comestes pão e ficastes satisfeitos."

O Papa observou dois aspectos: de um lado procuravam Jesus para sentir como a sua Palavra "chega ao coração", pela fé, de outro também por interesse. Eram pessoas boas, mas com uma fé um pouco interesseira. Jesus repreende a pouca fé e elogia quem se aproxima dele com fé.

Procurar o amor de Jesus

Um comportamento que transparece também na cura do possuído por demônios na região dos gerasenos: quando as pessoas veem que ele perdeu os porcos, pensam que não as convêm, que elas perdiam dinheiro e, portanto, disseram-lhe para ir embora.

Outro comportamento é a cura dos dez leprosos: somente um volta para agradecer enquanto os outros, depois da cura, se esqueceram de Jesus. Por isso, Jesus convida a trabalhar não pelo alimento que perece, mas pelo que permanece para a vida eterna, isto é, pela "Palavra de Deus e o amor de Deus".




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 15:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Unidade de Pronto Atendimento de Petrolina (UPA 24hs/IMIP) alcançou seu recorde histórico no mês de março com 10.906 atendimentos, sendo 10.387 relacionados à urgência e emergência de clínica médica e 519 referentes aos atendimentos de urgência e emergência odontológica.

O número corresponde a 150% da meta contratual. "Por mês, recebemos uma média de 7 a 9 mil pacientes. Mas, em março realmente alcançamos o maior número desde a inauguração da UPA em 2013", ressalta a coordenadora geral da Unidade, Ana Beatriz Mota Aguiar.

Desse total, 80% entrou na classificação de risco verde (pouco urgente). "É comum isso acontecer. A UPA sempre acaba atendendo muitos casos que deveriam ter como referência a atenção básica, enquanto que o nosso perfil é de atenção intermediária à saúde", reforça a coordenadora.

Ainda com relação aos dados de março, vale destacar, que mesmo com o número recorde de atendimentos, o serviço alcançou 97,9% de resolutividade e que 69% dos usuários classificaram o serviço como bom e excelente.

"A gente acredita que isso seja reflexo de um trabalho sério de 292 funcionários e do padrão de atendimento ofertado na Unidade. Ficamos felizes com esses resultados, pois, mesmo trabalhando acima da nossa meta, conseguimos manter a qualidade do serviço", avalia Ana Beatriz. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 14:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O programa de capacitação "Qualifica Mais", lançado em Juazeiro pelo prefeito Paulo Bomfim em 2017, abre a partir de hoje (16) inscrições para novos cursos profissionalizantes. Serão 2 turmas para os cursos de Produção de Sequilhos e Petit Four.

Para participar do programa é necessário estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. As inscrições podem ser feitas nas sedes dos CRAS, localizados nos bairros João Paulo II, Itaberaba, Tabuleiro, Quidé e Malhada da Areia, das 07h às 17h. As inscrições para os novos cursos seguem até o dia 20 de abril. As aulas terão início logo que as 50 vagas forem preenchidas. Outras informações podem ser obtidas através do número 3612 3077.

O "Qualifica Mais" tem o objetivo de promover capacitação e gerar oportunidade de emprego e renda, beneficiando, prioritariamente, os usuários da Assistência Social, entre eles os participantes dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e os beneficiários do Bolsa Família. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 13:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A lista de bens históricos tombados em Pernambuco será ampliada com a inclusão de uma série de imóveis patrimoniais, de diversos estilos arquitetônicos, que vai desde conjuntos urbanos, igreja, museu a sítios arqueológicos pré-históricos, distribuídos pelo Centro do Recife, Região Metropolitana, Agreste e Litoral do Estado. A boa notícia vem com a deliberação do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural pelo tombamento de nove patrimônios, subindo para um total de 165 bens históricos.

Dado o aval do conselho, a resolução segue para a sanção do governador Paulo Câmara por meio de decreto. Na prática, quando os patrimônios entrarem definitivamente no rol de bens tombados, isso significa que nenhum deles poderá ser demolido ou descaracterizado, sob pena de sanções civis e criminais.

Caberá à Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) o dever de preservá-los, garantindo, assim, a preservação da memória do Estado. É o que mostra a série de reportagens que a Folha de Pernambuco publica nesta segunda (16) e terça-feira (17).

Assim como em todos os processos anteriores, detalha a presidente do conselho e também da Fundarpe, Márcia Souto, a decisão pela proteção dos bens patrimoniais vem a partir do reconhecimento do valor histórico, artístico, cultural, arquitetônico, ambiental e que, de certa forma, tenham um valor afetivo para a população. "Quando o tombamento de determinado bem é acatado pelo conselho, aquele patrimônio já passa a ser protegido desde o julgamento do processo até, de fato, ser sancionado como patrimônio tombado pelo governador.", reforça.

Deliberado o tombamento pelo conselho, inicia-se a pesquisa minuciosa do bem, por meio de um instrumento chamado inventário. Esta pesquisa é realizada por arquitetos, antropólogos, sociólogos, historiadores e advogados, que reconhece a necessidade do tombamento do bem cultural para, então, ser homologado pelo chefe do Poder Executivo. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 12:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.5/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Em uma ação que consumiu menos de cinco minutos, cerca de 30 militantes sem-teto invadiram nesta segunda-feira (16) o apartamento tríplex atribuído ao ex-presidente Lula e pivô de sua condenação na Lava Jato.

O grupo faz parte do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), coordenado por Guilherme Boulos, pré-candidato à Presidência pelo PSOL e uma das lideranças sociais mais próximas de Lula. Cerca de cem pessoas, divididas em 20 ônibus, chegaram ao edifício para a invasão. A Polícia Militar foi acionada e está no local.

Cerca de 30 militantes pularam as grades de acesso ao prédio e subiram 16 lances de escada. Eles fixaram bandeiras do movimento na varanda com vista para o mar. Da sacada do prédio, manifestantes gritam: "não tem arrego. Ou solta o Lula, ou não vai ter sossego". (Folhapress)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 11:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.25/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira (16) a redução dos juros para financiamento da casa própria e o aumento do percentual do valor a ser financiado para compra de imóvel usado. As mudanças, que começam a valer hoje, são para linhas de financiamento que utilizam recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo.

Para compra de imóveis pelo Sistema Financeiro Habitacional (SFH), onde estão enquadrados os imóveis residenciais de até R$ 800 mil para todo o país, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, cujo limite é de R$ 950 mil, a taxa mínima de juros caiu de 10,25% para 9% ao ano.

Para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), cujos valores dos imóveis são acima dos limites do SFH, a taxa mínima caiu de 11,25% para 10% ao ano.

O percentual do valor a ser financiado dos imóveis usados subiu de 50 para 70%. Para unidades novas, foi mantido o percentual de 80% no teto do financiamento. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 10:14:32  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O presidente do PSB, Carlos Siqueira, avalia que o resultado da pesquisa Datafolha, divulgada neste domingo (15), mostra o potencial da candidatura do ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa à Presidência da República.

De acordo com a pesquisa, o ex-presidente do STF aparece em terceiro ou quarto colocado na disputa pelo Palácio do Planalto. A depender de quem são seus concorrentes, ele detém entre 8% e 10% das intenções de voto.

"Avaliamos que a candidatura dele tem potencial muito grande. Inclusive, muito maior se considerarmos que a população ainda não está bem informada sobre candidatura", afirmou Siqueira à Folha.

Para ele, o resultado do Datafolha é "animador". "Alguns postulantes estão há meses (na disputa) ou há mais de um ano, e estão igual ou abaixo (do ministro)." (FOLHA DE SP)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 09:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.0/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Os gastos do governo com pessoal vêm crescendo nos últimos anos e se aproximam do limite fixado na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), apontam dados do Ministério do Planejamento.

Essas despesas da União atingiram, em 2017, 41,8% da chamada receita corrente líquida (RCL), que é a soma das receitas tributárias de um governo, descontados os valores das transferências constitucionais. Trata-se do percentual mais alto desde a criação da LRF, em 2000. Para se ter uma ideia, em 2012 esse gasto equivalia a 30% da RCL.

A Lei de Responsabilidade fiscal estabelece que a União não pode gastar com pessoal mais do que 50% da RCL. Se esse limite for atingido, a lei prevê uma série restrições e medidas, como a proibição de reajuste de salários e até a demissão de servidores.

O gasto com pessoal é aquele feito pelo governo para o pagamento de salários e de benefícios previdenciários, como aposentadorias, a servidores públicos. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 08:09:26  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Pernambuco registrou uma queda de 33,58% no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram 551 homicídios do tipo, de acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS). Foram 366 mortes registradas em março, ou 185 mortes a menos que março de 2017. Os números foram divulgados neste domingo (15), como acontece todos os meses, no portal da SDS. É o menor número na série de 19 meses. Antes disso, o maior número havia sido 362 CVLI, em agosto de 2016.

De acordo com o secretário Antônio de Pádua, ainda não é motivo para comemorar. Ele afirma, no texto divulgado pela SDS, que é o terceiro mês consecutivo de reduções, mas "ainda estamos longe dos nossos objetivos, que são poupar o máximo de vidas que pudermos e aumentar a tranquilidade e sensação de segurança dos pernambucanos, do Litoral ao Sertão."

Durante o mês de março, não houve registro de CVLI em 89 municípios e 76 apresentaram reduções. No Recife, a redução entre março de 2018 e 2017 foi de 41,1% (56 em 2018, contra 95 em 2017). (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 16/04/2018 - 07:35:13  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 4.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 4.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A partir desta segunda-feira (16), cheques de qualquer valor passarão a serem compensados em um dia útil. Atualmente, os cheques de até R$ 299,99 demoram dois dias úteis para "cair" na conta das pessoas físicas, empresas, ou favorecidos. O novo prazo para a compensação nos cheques segue determinação da circular 3.859, publicada pelo Banco Central em novembro do ano passado.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a alteração no prazo foi possível após implementação da compensação por imagem, em 2011. O processo por imagem reduziu o tempo e os gastos com transporte, eliminando as trocas físicas que antes eram feitas.

Outro fator que contribuiu para a redução no prazo de compensação, segundo os bancos, foi queda no número de cheques liquidados no país. Em 2017, foram compensados 494 milhões de cheques, 85% menos que o registrado 1995, quando foram compensados 3,3 bilhões de cheques.

Mudanças em relação ao cheque especial também vão ocorrer, mas a partir de 1º de julho. Pelas novas regras, as instituições financeiras terão de oferecer ao consumidor uma alternativa mais barata para parcelamento do saldo devedor do cheque especial.

Quando o consumidor "entrar" no cheque especial, o banco deverá comunicá-lo imediatamente, por meio de alerta, sobre a contratação do produto e que se trata de uma modalidade de crédito de uso temporário.

Segundo a Febraban, o valor do limite de crédito do cheque especial deverá ser informado nos extratos de forma clara de modo a não ser confundido com valores mantidos em depósito pelo consumidor na conta-corrente. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 15/04/2018 - 22:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.3/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O papa Francisco disse neste domingo (15) se sentir "profundamente preocupado" com "a incapacidade" de se chegar a uma ação comum destinada à paz na Síria.

Ao término da oração do Regina Coeli na Praça de São Pedro, no Vaticano, Francisco lamentou que "apesar dos instrumentos à disposição da comunidade internacional, custe chegar a uma ação comum a favor da paz na Síria e em outras regiões do mundo".

O papa afirmou que reza "incessantemente pela paz", convidou todas as pessoas de boa vontade a fazê-lo e fez um apelo "a todos os responsáveis políticos para que prevaleça a justiça e a paz".

O pontífice assim se pronunciou após a ofensiva coordenada por Estados Unidos, França e Reino Unido contra alvos militares na Síria em represália ao suposto ataque com armas químicas em Duma por parte do regime de Bashar al Assad. (G1)




Publicado por: - 15/04/2018 - 20:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.50/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (2 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A chegada de Joaquim Barbosa (PSB) à corrida presidencial congestiona ainda mais o caminho que Geraldo Alckmin (PSDB) esperava percorrer na disputa deste ano. O último levantamento do Datafolha revela que, na largada, o ex-presidente do STF ocupa parte do eleitorado que foi a base política dos tucanos por duas décadas.

Estagnado nas pesquisas, Alckmin já observava os avanços de outros rivais sobre votos que considerava cativos. Jair Bolsonaro (PSL) agarrou os grupos antipetistas e eleitores mais ricos. Alvaro Dias (Podemos) abriu vantagem na região Sul.

Agora, Joaquim Barbosa firma suas bases em territórios que o PSDB esperava atacar para impulsionar seu candidato. O ex-ministro do Supremo apareceu com 17% das intenções de voto entre eleitores com curso superior, logo atrás de Bolsonaro. Enquanto isso, Alckmin patina nesse segmento, com apenas 6%.

O juiz do mensalão também rouba votos em tradicionais redutos geográficos e urbanos do tucanato. Nas grandes cidades, tem 12% contra 6% do pré-candidato do PSDB. No Sudeste, Barbosa marca 11%, empatado com o ex-governador de São Paulo.

O potencial de votos de Barbosa ainda é incerto. Acredita-se até que ele possa absorver parte dos votos do ex-presidente Lula. Por enquanto, seu melhor desempenho se dá em segmentos que têm acesso fácil à informação - justamente os grupos que costumavam votar no PSDB e, por ora, resistem a repetir a dose. (DATAFOLHA)




Publicado por: Daniel Campos - 15/04/2018 - 18:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 3.33/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3.3/5 (3 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Após quatro meses parada na Câmara dos Deputados, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que limita o foro privilegiado a apenas algumas autoridades corre o risco de ser engavetada sem sequer ser discutida pela comissão especial.

O texto já foi aprovado no Senado e passou pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. O passo seguinte seria a tramitação na comissão especial criada em dezembro pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ).

No entanto, à espera das indicações dos membros pelos partidos, o colegiado não foi sequer instalado. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 15/04/2018 - 16:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.75/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (4 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Uma pesquisa do Instituto Datafolha foi divulgada neste domingo (15) pelo jornal "Folha de S.Paulo" com índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018. Foram feitas 4.194 entrevistas entre 11 e 13 de abril, em 227 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Cenário 1 (Se Lula for candidato, Temer ficar fora da eleição e o MDB lançar Meirelles):

Lula (PT): 31%
Jair Bolsonaro (PSL): 15%
Marina Silva (Rede): 10%
Joaquim Barbosa (PSB): 8%
Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
Ciro Gomes (PDT): 5%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Manuela D'Ávila (PC do B): 2%
Fernando Collor de Mello (PTC): 1%
Rodrigo Maia (DEM): 1%
Henrique Meirelles (MDB): 1%
Flávio Rocha (PRB): 1%
João Amoêdo (Novo): 0
Paulo Rabello de Castro (PSC): 0
Guilherme Boulos (PSOL): 0
Guilherme Afif Domingos (PSD): 0
Em branco / nulo / nenhum: 13%
Não sabe: 3%

G1




Publicado por: Daniel Campos - 15/04/2018 - 13:59:05  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.0/5 (1 voto)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



«Primeira «Recentes 1 2 3 [4] 5 6 7 8 ... Antigas» Última»