Daniel no Rádio




O Sindicato dos Bancários de Pernambuco divulgou, na manhã desta quarta-feira (27), um balanço da violência no Estado em 2017, de janeiro até a última terça (26). Foram 138 ocorrências em 77 municípios pernambucanos. O Recife é o alvo mais recorrente (com 24 casos), seguido pelo Cabo de Santo Agostinho e por Olinda (ambos com 5 ocorrências) e por Caruaru e Ipojuca (4 casos cada). Segundo o secretário do sindicato, João Rufino, a preocupação aumenta com a evolução dos crimes contra os bancos.

Um dos dados inéditos divulgados pelo programa é dos dias e horários em que são mais frequentes os ataques: terça, quarta e quinta, das 2h às 3h59. Ainda de acordo com os dados dos bancários, foram 47 investidas na Região Metropolitana do Recife (RMR), que corresponde a 34,1% do total. O Agreste do Estado concentra 40 casos; 29% do total. Caruaru e São Vicente Ferrer são os municípios mais alvejados, com 4 casos.

O Bradesco é o primeiro da lista, com 41 casos; Banco do Brasil vem em segundo, com 24. Foram 15 investidas contra transportadora de valores e 13 contra agências dos Correios. O Banco Santander somou 12 assaltos; foram 10 contra lotéricas, nove contra agências da Caixa e oito contra unidades do Itaú. O Sicoob sofreu cinco atentados; o Banco do Nordeste teve um assalto.

O sindicato também anunciou a criação de um programa sistematizado para mapear as ocorrências de violência contra os bancos, dados que ficarão disponíveis no site da entidade a partir de outubro. A ideia, segundo a presidente Suzineide Rodrigues, é usar essas informações para pressionar o Estado. "O programa será utilizado por funcionários de bancos para que as ocorrências tenham fonte direta", disse Suzineide.

O programa dar acesso ao tipo de violência, o local em que ocorreu e os danos. O banco de dados deverá ser usado também como referencia para a prevenção desses eventos. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 27/09/2017 - 13:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.43/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.4/5 (7 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Após o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ameaçar cortar a liberação das operações de crédito para os Estados, o governador Paulo Câmara (PSB) reagiu ao afirmar que Pernambuco não pode ser afetado por conta da briga judicial entre o Rio de Janeiro e o Governo Federal.

O gestor afirmou que espera que o presidente Michel Temer (PMDB) não tome uma decisão prejudicando os estados em virtude da situação do estado carioca. Segundo ele, Pernambuco já conta com a liberação de R$ 600 milhões de crédito em seu planejamento para concluir obras. A suspensão , disse, prejudicaria o exercício financeiro do Estado.

"Não podemos botar um País tão grande como o Brasil em uma questão pontual que é a situação do Rio de Janeiro, que nos preocupa, mas que não pode ser colocada dentro do mesmo contexto (dos outros estados). A tomada de decisões, no desespero que o Rio de Janeiro está fazendo, não tem relação com a gente", avaliou Paulo Câmara, após assinatura de Termo de Compromisso para liberação de recursos para o desenvolvimento rural.

O ministro Meireles ficou irritado com os constantes recursos do Governo do Rio no Supremo Tribunal Federal (STF) , que impediaram o bloqueio de repasses de recursos ao Estado, em razão de dívidas não pagas.

Segundo Câmara, Pernambuco fez o dever de casa ao pagar suas dívidas pontualmente e não questionar as contrapartidas exigidas pelo Governo Federal. "Acredito que o governo não vai tomar uma decisão prejudicando outros estados em virtude de questoes pontuais do Rio de Janeiro. É o que eu defendo e acho que o Governo Federal vai pesar".

De acordo com ele, Pernambuco vem conseguindo destravar obras e investimentos importantes com a nova gestão que estavam travadas no Governo Dilma. No entanto, ele voltou a defender que o presidente Michel Temer priorize o Nordeste para não criar desigualdades. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 12/01/2017 - 16:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.55/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.5/5 (11 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A convite do Prefeito Vilmar Cappellaro, lideranças comunitárias, empresários, produtores rurais de Jutaí, Açude Saco entre outras, reuniram-se hoje, 09/01, no Centro Administrativo daquela localidade para um diálogo propositivo sobre as dificuldades da segurança pública, juntamente com o Comandante da 7ª CIPM, Ten. Cel. Marcondes e do Subcomandante Major Carvalho, coordenador de programas preventivos e comunitários. Participou também o secretário de agricultura, Reginaldo Alencar, o chefe Distrital, Erick, o ex-vereador Francisquinho e dezenas de moradores.

Várias reclamações foram levantadas entre elas: Carência de policiamento; falta de rondas ostensivas; ‘arruaceiros' alcoolizados em motos barulhentas e em alta velocidade pelas ruas, colocando em risco crianças e adolescentes; abuso de paredões de som nas madrugadas e a preocupação com a guarnição e o efetivo do polígono na rotatória de Jutaí. Nas palavras do Comandante "O objetivo do polígono é fazer a repressão do tráfico e roubos de cargas, entretanto, vamos otimizar o efetivo para também darmos apoio à comunidade. Vamos intensificar as rondas nos horários de maior incidência de crimes com apoio do GATI (Grupo Apoio Tático Itinerante) e da (ROCAM) Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas com maior presença nas comunidades" salientou o Ten. Cel. Marcondes.

O morador de Jutaí, professor Marcone, agradeceu a presença do Prefeito e dos policiais militares na reunião e solicitou mais rondas escolares. O Subcomandante Carvalho, enfatizou "Tão logo sejam nomeados e empossados os novos gestores escolares, vamos realizar uma reunião com todos eles para discutirmos e implantarmos o ‘Programa Escola Segura' com isso, teremos um planejamento estratégico com rondas efetivas, a exemplo do que acontece hoje em Salgueiro-PE, que conseguiu reduzir drasticamente os índices de criminalidade internamente e nos arredores das escolas". O major chamou a atenção dos pais que presenteiam filhos com motos e não observam suas responsabilidades. "Flagramos menores pilotando sem CNH, sem capacete e com motos sem retrovisores. O exemplo tem que vir de casa. Vamos intensificar a fiscalização dessas práticas" destacou Carvalho.

O Prefeito agradeceu á todos e emendou "Foi muito positiva esta reunião. Queremos criar um novo modelo de gestão de políticas públicas, primando pelo bom senso e com apoio das comunidades. Vamos nos ajustar às novas realidades de crises e dificuldades. Ninguém quer radicalizar. Está na hora de nos unirmos, fazermos um alinhamento proativo junto à polícia. Reivindicar mais efetivos, mais viaturas e cada cidadão cumprir a sua parte" esclareceu o Prefeito.

O Empresário Marujan se mostrou bastante satisfeito com o resultado da reunião "Acredito que foi de grande importância para todos debater junto com o Prefeito, o Comandante e o Subcomandante, os problemas e juntos encontrarmos as soluções para nossa comunidade. Só temos a agradecer". (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 09/01/2017 - 20:46:58  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.25/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (12 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O governador Paulo Câmara reconheceu que há falhas internas e externas na segurança do sistema prisional do Estado, como a entrada de objetos ilícitos nas unidades prisionais, e afirmou que o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, continuará atuando na pasta para combater a entrada de drogas, bebidas e celulares nos presídios. A declaração foi dada durante a cerimônia de volta às aulas na Escola de Referência em Ensino Médio (Erem) Santa Ana, no bairro de Rio Doce, em Olinda, nesta quarta (3).

Na última terça (2), o secretário Pedro Eurico afirmou que divulga seu contato de celular nas cadeias e costuma receber ligações dos detentos. "Eu recebo ligações não só de presos, como de parentes, órgãos governamentais, juízes, promotores. Nós temos que trabalhar com informações e ouvir todos", revelou. O governador não comentou a declaração, mas reconheceu que a presença de celulares nas unidades prisionais é uma realidade. "Isso é um fato. Ele [Pedro Eurico] não vai esconder nem nós vamos esconder. O que nós vamos fazer é combater isso", frisou.

De acordo com Paulo Câmara, Pedro Eurico tem se esforçado para combater os problemas do sistema. "O secretário vai continuar fazendo seu trabalho, que é combater a entrada de celulares, drogas e bebidas", garantiu o governador. Em nota enviada na terça (2), o Estado informou que o secretário foi mal-compreendido ao dizer que fornecia o próprio número de celular aos detentos e que, na verdade, divulgou o contato para familiares dos presos. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 03/02/2016 - 20:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.26/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (19 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Na manhã deste Sábado, 23, o governo municipal se reuniu mais uma vez com as policias Militar, Civil e Rodoviária Federal, Guarda Municipal e agentes de Trânsito para uma avaliação da segunda noite de carnaval em Juazeiro.

O comandante da Policia Militar, Coronel Alfredo Nascimento, fez uma avaliação positiva da segunda noite "Tivemos no circuito nesta sexta-feira 82 patrulhas, com quase trezentos policiais e ainda contamos com a presença da cavalaria que deu apoio nos pontos de dispersão do circuito. Podemos afirmar que foi mais uma noite tranquila e vamos trabalhar para que continuemos assim até domingo", concluiu. O Coronel ainda confirmou a presença hoje do Comandante Geral da Policia Militar Anselmo Alves Brandão.

A PM fez 1586 abordagens com três pessoas conduzidas ao posto de comando, notificaram 1 veículo e recolheram outro, com uma Carteira de Habilitação recolhida. Os atendimentos prestados pela Policia Civil tiveram cinco furtos simples, sete furtos de celulares, uma lesão corporal, três lesões corporais dolosas, dois flagrantes e duas perdas de documentos.

A delegada Licelma Gomes Bonfim deu algumas dicas para evitar furtos. "No momento da festa todos querem fotografar o artista, registrar o momento com a famosa selfie e essa exposição do celular facilita o furto. Então é importante deixar o aparelho em casa ou se levar para o circuito não expor, também é preciso se manter atento quanto as carteiras, sempre as deixando nos bolsos da frente", finalizou. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 24/01/2016 - 10:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.94/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.9/5 (18 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Os altos índices de violência em Pernambuco, especialmente no município de Petrolina, levou o deputado estadual, Odacy Amorim (PT), a usar a tribuna e relatar como conseguiu remover quando governou a cidade, os altos índices de criminalidade que enfrentou. O parlamentar abordou o tema com base num levantamento divulgado no início do mês pela Secretaria Estadual de Defesa Social, que mostra a maior cidade do Sertão do estado como a segunda mais violenta de Pernambuco. Foram 13 homicídios registrados entre 26 de setembro e 26 de outubro deste ano.

"Precisamos juntar forças para resolver isso. Quando fui prefeito, em 2007, vim oferecer uma parceria ao então governador Eduardo Campos para reforçar a polícia de Petrolina. Na época, conseguimos baixar em 36% os homicídios do município em apenas um mês", afirmou o parlamentar.

Conforme Odacy, a Prefeitura locou 15 carros e 15 motos que passavam por manutenção constante, reforçando a atuação da PM no munícipio, fazendo com que a cidade voltasse a respirar dias de paz. "Ofereci ao governo 15 carros e 15 motos para poder servir de reforço às polícias militar e civil de Petrolina. Como resultado, conseguimos baixar o índice de homicídios. Devido ao aumento no número das prisões, houve também o projeto de ressocialização dos presos, como forma de distensionar os presídios", acrescentou Odacy Amorim.

Na sua fala, o deputado lembrou também outra consequência positiva dessa parceria, além da redução da violência. "Por conta dessa nossa iniciativa, a consequência positiva foi que o governador resolveu levar para Petrolina a primeira unidade do Colégio Militar fora da capital", assinalou.

Odacy disse que já esteve com o secretário de Defesa Social para apresentar propostas de combate à violência em Petrolina. "Já falei com o Secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, que quero apresentar uma sugestão ao governo. É preciso buscar no prefeito e no governo federal, o enfrentamento do problema da violência. Do jeito que está não dá pra continuar. São parcerias importantes que contribuem para a segurança pública como um todo", concluiu o deputado Odacy Amorim. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 12/11/2015 - 09:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.86/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.9/5 (22 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão e a Secretaria-Executiva de Turismo se reuniram com o comando do Corpo de Bombeiro, representadas pelo Tenente Coronel Luiz Cláudio, o major Wetman e o Capitão Oliveira, para definir um plano de gerenciamento estratégico de risco nos balneários de Petrolina: as Ilhas do Fogo, do Massangano e Rodeadouro e Pedrinhas..O comando do CB apresentou, durante o encontro, um mapeamento da zona de risco da Ilha do Fogo. O mesmo material será produzido com análise de outros balneários do município.

De acordo com o secretário de Planejamento, Geraldo Júnior, a reunião desta quarta-feira (04) marca o início de uma atuação mais estratégica com relação aos balneários. "O objetivo é criar um ambiente de maior segurança para as pessoas que frequentam aqueles espaços", explicou. Geraldo salientou também que a Prefeitura solicitará do governo do estado aumento do efetivo do Corpo de Bombeiros em Petrolina e convidará a Marinha do Brasil para implantar um plano de tráfego para as embarcações que circulam no entorno da Ilha do Fogo, a exemplo dos caiaques e motos aquáticas.

O Tenente Coronel Luiz Cláudio falou sobre as outras medidas que ficaram acertadas durante o encontro. "No plano de gerenciamento ficou certo que será implantado placas e boias de sinalização nos balneários; identificaremos os locais de risco e vamos sugerir os locais para banho. Tudo pensado para oferecer segurança para o banhista". O secretário-executivo de turismo, Iuric Pires, pontuou também outras questões, como a tentativa do retorno dos salva vidas para a Ilha e lembrou que essa medida faz parte de um conjunto de iniciativas que já foram implantadas no município.

"Entendemos o Rio São Francisco como o principal atrativo de nossa região. Então, o cuidado a segurança dos frequentadores de nossos balneários tem sido uma exigência do prefeito Júlio para conosco", ressaltou Iuric. O resultado da reunião, de acordo com os secretários, foi a criação do Convênio de Cooperação Técnica entre o município de Petrolina e Corpo de Bombeiro, que no futuro deve contar com o apoio da Marinha do Brasil e a Prefeitura Municipal de Juazeiro. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 04/11/2015 - 22:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.59/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.6/5 (22 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Ministério da Defesa vai editar uma portaria para subdelegar aos comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica a competência da edição de atos relativos a pessoal militar. A função já era dos comandantes, mas foi passada ao ministro da Defesa por decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff na última quinta-feira (3). O decreto, publicado sexta-feira (4) no "Diário Oficial" da União, causou polêmica entre os militares e repercussão negativa no governo, que tenta minimizar o desgaste com o setor militar.

Entre as atribuições que eram dos comandantes e passaram por ora para as mãos do ministro da Defesa estão a transferência para a reserva remunerada de oficiais superiores, intermediários e subalternos, reforma de oficiais da ativa e da reserva, demissões a pedido, promoção aos postos oficiais superiores, designação e dispensa de militares para missão de caráter eventual ou transitória no exterior, entre outras.

O decreto estava parado Casa Civil há três anos e causou surpresa ter sido assinado por Dilma sem aviso prévio. Nem o ministro da Defesa, Jaques Wagner, nem oficiais das Forças Armadas pareciam estar informados da decisão da presidente. De acordo com a Casa Civil, porém, quem solicitou o envio do decreto à presidente foi a Secretaria-Geral do Ministério da Defesa.

A Defesa, por sua vez, diz que o decreto assinado por Dilma "normaliza as funções".

Ainda segundo o decreto, que entra em vigor 14 dias após sua publicação, as competências poderiam ser subdelegadas pelo ministro aos comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica -o que será concretizado com a portaria editada pela Defesa em até 14 dias. Procurados pela reportagem, Marinha e Aeronáutica disseram, por meio da assessoria, que não irão se pronunciar sobre o assunto. O Exército não respondeu aos questionamentos até o fim da tarde desta terça. (Folhapress)




Publicado por: Daniel Campos - 09/09/2015 - 10:20:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.87/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.9/5 (23 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O município de Petrolina que já recebeu os equipamentos para o desenvolvimento das ações do Eixo Autoridade do programa 'Crack é Possível Vencer'. E na última quarta-feira (19) de agosto, guardas municipais da cidade participaram de um curso de capacitação para utilização da base móvel (micro-ônibus). O treinamento foi realizado com instrutor da empresa COMIL, responsável pela montagem dos equipamentos, o paulista Maxwell Darton, com aulas teóricas ministradas no auditório da Biblioteca Municipal e práticas no pátio do Quartel da Guarda Municipal.

A base foi adquirida pela Secretaria de Segurança Cidadã, por meio da Guarda Municipal e é estruturado com equipamentos de videomonitoramento, composto por 20 câmeras, para auxiliá-los no monitoramento das áreas de intervenção do programa, controle e no planejamento, dando suporte as ações de combate ao tráfico de drogas. O programa vem sendo gerido pelas secretarias municipais de Segurança Cidadã (Eixo Autoridade); Cidadania e Saúde no (Eixo Cuidado), e Educação com o (Eixo Prevenção) com a coordenação a nível nacional pelo Ministério da Justiça.

O objetivo é intervir nas áreas de maior consumo e concentração de drogas com atividades de minimização de danos, interagindo com a comunidade e ajudando a manter os espaços urbanos seguros, trabalhando com a ressocialização de pessoas nas áreas mais críticas da cidade, a exemplo: Terminal Rodoviário e seu entorno, Bodódromo, Praças Dom Malan e Maria Auxiliadora, Orla I e II, dentre outras, que apresentarem maior criticidade e em horários estratégicos.


Segundo o secretário de Ordem Pública e Segurança Cidadã, Jenivaldo Santos, "O Município de Petrolina, está aguardando o envio do termo de doação final dos equipamentos pelo Governo Federal, para que passamos fazer o emplacamento das viaturas. Será ainda realizado um novo curso de manuseio das câmeras e do sistema operacional do monitoramento eletrônico, para que com a qualificação plena dos GM's, possam dar início a implantação do programa na cidade", ressaltou.

A prefeitura de Petrolina vem concentrando parcerias e buscando recursos para melhoria da segurança pública da cidade. O programa "Crack, é possível vencer ", atuará na prevenção e enfrentamento ao uso da droga, por meio do cuidado integral ao usuário, entendendo que estas pessoas estão em situação de vulnerabilidade social. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 22/08/2015 - 22:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.90/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.9/5 (21 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Governo do Estado do Amazonas enviou uma equipe de três pessoas para, durante uma semana, conhecer de perto o Plano Estadual de Segurança Pública de Pernambuco, o Pacto Pela Vida. A comitiva amazonense, chefiada pelo secretário executivo de Assistência Social, Guilherme Sette, passou toda a semana, de segunda (27) à sexta-feira (31), mergulhando nos processos e ações realizadas pelo Pacto pela Vida. A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) ficou responsável pelo acompanhamento da equipe do Amazonas.

Guilherme Sette explicou que o Governo do Amazonas está em fase de planejamento para criar um programa de combate à violência letal e que, nesta fase de pesquisas, identificou em Pernambuco um caso exitoso. "Estamos fazendo o nosso benchmarking e visitaremos todos os Estados que consideramos que são bons exemplos. Aqui, em Pernambuco, o Modelo de Gestão por Resultados usado no Pacto Pela Vida foi o que mais nos chamou atenção positivamente", afirmou.

O gerente geral do Núcleo de Gestão por Resultados da Secretaria de Defesa Social, Ryan Amorim, acompanhou os amazonenses que, durante os cinco dias, participaram de quatro câmaras setoriais (Prevenção Social, Enfrentamento ao Crack, Defesa Social e a do Pacto Pela Vida), conheceram o Governo Presente e o Programa Atitude.

"Fomos muito bem recebidos aqui em Pernambuco. Conseguimos realmente nos aprofundar na matéria e, em contato com os gestores que trabalham no Núcleo de Gestão por Resultados, aprendemos detalhes do funcionamento como, por exemplo, criar indicadores de desempenho. Ryan nos recebeu muito bem, dando todo o suporte necessário e tirando todas as nossas dúvidas", explicou Sette. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 31/07/2015 - 18:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.36/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.4/5 (22 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Durante os dias 14, 15 e 16 de julho, a Unidade de Atenção Especializada e Pronto Atendimento (UPAE), em Petrolina (PE), realizou sua I Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT). O evento foi promovido pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), em parceria com o setor de Segurança do Trabalho da instituição.

Durante a programação, os funcionários puderam acompanhar diversas palestras com temáticas voltadas para Segurança do Trabalho; HIV/AIDS; Benefícios previdenciários relacionados a acidentes de trabalho e/ou doenças ocupacionais; Treinamento sobre Prevenção e Combate a Incêndio com o Corpo de Bombeiros; Alcoolismo/Tabagismo e Preservação do Meio Ambiente. Além disso, participaram também de sorteio de brindes, sessões de maquiagem e avaliação nutricional.

Segundo técnico de segurança do trabalho da UPAE, Sérgio Antonio Côrtes, a SIPAT busca, através de palestras e atividades motivacionais, desenvolver a consciência e orientar os trabalhadores sobre a importância da prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. "Estas atividades estimulam no funcionário uma atitude vigilante para conhecer e solicitar as correções necessárias, a fim de tornar o ambiente de trabalho mais seguro", explica.

"A UPAE tem o comprometimento de realizar ações para conscientizar seus colaboradores quanto aos riscos e medidas de prevenção de acidentes", complementa o técnico de segurança de trabalho. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 17/07/2015 - 15:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.57/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.6/5 (21 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Nesta terça-feira, 14, a equipe de fiscais da Agência Municipal de Vigilância Sanitária de Petrolina (AMVS), atendendo mais uma demanda da população, interditou oficina de prótese dentária que funcionava ilegalmente como consultório odontológico no bairro João de Deus, zona oeste da cidade.

Durante a operação foram encontrados equipamentos próprios da profissão, dentes humanos, o ambiente sujo e medicamentos anestésicos. "Além de comprovarmos o exercício ilegal da profissional de odontólogo, o ambiente não possuía a mínima condição de funcionamento e não tinha a licença sanitária nem o alvará de funcionamento", complementou o diretor-presidente do órgão Jarbas Costa.

O proprietário do estabelecimento foi conduzido para à Delegacia da Polícia Civil para adoção das medidas cabíveis, os equipamentos apreendidos, o estabelecimento interditado e será aplicada multa. Para acionar o serviço da Vigilância Sanitária basta ligar para 3864-2738 ou ir à sede do órgão que fica no prédio da AME Manoel Possídio, localizada na Rua Estados Unidos, s/n, Areia Branca. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 15/07/2015 - 14:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.78/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (27 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



"Há pelo menos três pontos que preocupam a sociedade brasileira: Saúde, educação e segurança pública. Especificamente vamos no deter no último, devido ao alto consumo de drogas e a proliferação dos crimes que estão ligados à própria droga em si. Num contexto mais amplo esse assunto tem sido debatido e repercutido mundialmente como a maior preocupação dos governos e autoridades militares em promover a segurança das pessoas e resolução dos conflitos em convivência social. Percebemos que os números de homicídios principalmente em nossa região, nas vizinhas cidades Petrolina e Juazeiro, crescem em larga escala. Diariamente somos assaltados com fatos que nos deixa estarrecidos e com a engenhosa capacidade do ser humano em disseminar o mal com práticas monstruosas e hostilidades sem limites.

É fato, as organizações criminosas estão usando as modernas ferramentas das novas tecnologias para fraudarem nossas instituições, enriquecem ilicitamente e, quando essas ações são descobertas os somatórios desviados são exorbitantes. Milhões e milhões sendo direcionados para o bolso de quadrilhas especializadas nesse negócio tão lucrativo. O que fazer para coibir ou neutralizar tanta ousadia dos marginais? Qual o papel do Estado e como ele pode reagir ao banditismo crescente? Temos ferramentas adequadas para o enfrentamento dessa situação que causa medo, terror e insegurança ao cidadão? O que fazer para prevenir e dificultar o envolvimento dos jovens em tão precoce idade com os entorpecentes?

Tudo o que vier para agregar e somar aos demais órgãos de segurança pública de nosso país no combate à criminalidade é bem vindo. Nesse aspecto destaco o papel das Guardas Municipais que estão tendo mais oportunidade, credibilidade, visibilidade e reconhecimento como uma força auxiliar imprescindível no

gerenciamento de conflitos nos limites do seu município. Nesse cenário que se desenha a Guarda Municipal de Petrolina está apta e preparada para agir dentro dos limites e atribuições do preceito constitucional. Ao longo dos 21 anos de existência a mesma tem conquistado algumas coisas importantes, tais como: Aumento do efetivo e atualização profissional com base na matriz curricular nacional para formação dos guardas municipais em segurança pública-SENASP. Convênio com o Ministério da Justiça para concessão de verbas objetivando atualização profissional e aquisição de duas viaturas e duas motos. Convênio entre o Município de Petrolina e a Superintendência de Polícia Federal para concessão de porte de arma de fogo para todos os integrantes da instituição, dentro da legalidade. Em nível de nordeste, a Guarda Municipal de Petrolina foi pioneira em conseguir tal grandeza. Doação de arma de fogo pela própria Superintendência de Polícia Federal. Gratificação de Regime Especial de Trabalho- GRET, inerente à função. O grande sonho de ter sua sede própria, pois, durante esses anos a Guarda Municipal não tinha um local fixo, vivia como nômade, e hoje, a mesma pode usufruir de seu espaço para desenvolver seus trabalhos e missões. Gratificação de Trabalho Ostensivo-GTO, muita luta fora travada para conseguir tal êxito. Mais recentemente fora recebida do Ministério da Justiça dois Voyagens para o programa "Crack é possível vencer", duas motos, um micro-ônibus. Além disso, apoio ao projeto Guarda Mirim com aquisição de duas viaturas. Os pequeninos recebem instruções e orientações para melhoria do seu caráter transformando-os em bons cidadãos para a sociedade, auxiliando dessa forma os pais na educação dos filhos.

Ademais, os gestores anteriores contribuíram para identidade e formação da Guarda Municipal de Petrolina, entretanto, o prefeito atual Dr. Júlio Lossio tem dado mais consistência as ações da guarda, valorizando a categoria em termos salariais, inclusive a conquista da inauguração da sede própria como já foi dito anteriormente, e a questão da GTO, um sonho antigo, sendo equiparada ao Guarda de Trânsito. Nem precisa rasgar elogios ao prefeito apenas enxergar seus grandiosos gestos com os Guardas Municipais e demais servidores do município. Quando foi que alguém do próprio quadro da Guarda Municipal fora colocado como secretário da pasta? Creio que daqui para frente muita coisa virá da parte do governo federal porque as Guardas Municipais no país estão em fase de ascensão e pode desempenhar um papel fundamental na defesa dos interesses do país concernente à segurança pública. Sem dúvidas, as Guardas de todo o Brasil terão mais investimentos e maior abrangência em suas atribuições em face da atual conjuntura e crise do momento.

No próximo artigo falaremos dos trabalhos que estão sendo desenvolvidos pela Guarda Municipal de Petrolina. "

Antonio Damião Oliveira da Silva




Publicado por: Daniel Campos - 25/05/2015 - 14:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.57/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.6/5 (23 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Guarda Municipal de Petrolina promove o 1° Curso de Operador de Tecnologia Não Letal que se iniciará amanhã a partir das 8 horas e irá até o dia 4 de maio, no prédio da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina - FACAPE. Na solenidade de abertura haverá uma palestra ministrada pelo juiz de Direito da Vara da Infância e Juventude, Dr. Marcos Bacelar e também o prefeito municipal Júlio Lóssio. Tal capacitação fará com que o efetivo da GM se mantenha qualificado para o uso dessa tecnologia não letal em suas ações, e também auxiliará na atuação no programa do Governo Federal "Crack, é possível vencer".

O curso será ministrado pelo GM Ricardo Fugante, que é instrutor de armamento e tiro credenciado pela Polícia Federal e pela Condor, fabricante dos Espargidores GL 108E/G e da SPARK DSK 700, o dispositivo elétrico incapacitante que o curso vai habilitar manuseio. A proposta é permitir que os alunos/profissionais participantes recebam aulas teóricas e práticas ministradas pelo fabricante para o uso correto, seguro e necessário do armamento não letal. Assim poderão desenvolver suas atividades profissionais, garantindo defesa pessoal e/ou de terceiros no estrito cumprimento de dever legal, amparado por lei, observando o uso diferenciado da força, segundo o ordenamento jurídico vigente no Brasil e os tratados internacionais, temas esses que também serão abordados na capacitação.

De acordo com a coordenação do curso, participarão 82 integrantes da Guarda Municipal de Petrolina, 51 agentes da EPTTC, e outros 155 instruendos, entre Policiais Militares e Federais, Policiais Rodoviários Federais, Agentes Penitenciários, Agentes de Proteção da Vara da Infância e Juventude e responsáveis por atuações de caráter preventivo e uso diferenciado da Força. Ao todo serão capacitados 288 agentes de pelo menos 24 cidades tanto do Estado de Pernambuco e da Bahia. (Ascom)

 




Publicado por: Daniel Campos - 30/04/2015 - 20:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.70/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.7/5 (23 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Agentes do Núcleo de Operações da Ordem Pública e Guarda Municipal participaram da operação "Saturação", que ocorreu no último fim de semana, entre os dias 06 e 08 desse mês de março.

As atividades foram voltadas para os estabelecimentos comerciais da cidade, na categoria de bares e similares, sendo efetivadas sob o comando da Polícia Militar (5º BPM), em conjunto com a Diretoria Integrada do Interior II, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Ordem Pública, Vigilância Sanitária e Vara da Infância e Juventude.

De acordo com o comandante da Diretoria Integrada do Interior (Dinter II), Tenente Coronel Ricardo Perez, "o objetivo dessa operação foi de coibir e combater principalmente os crimes como o uso de drogas e trafico de entorpecentes. Com uma fiscalização que permanecerá continua, poderemos proporcionar ambientes legalizados, onde a população tenha o direito de se divertir com tranquilidade", afirmou o Coronel Perez.

Segundo análise feita sobre a operação pelo secretário executivo da Ordem Pública e Segurança Cidadã, Jenivaldo Santos, "a operação conjunta surtiu em resultados positivos. Cinco pontos de trafico de drogas foram combatidos; doze veículos foram apreendidos pela polícia militar e também uma arma de fogo; seis estabelecimentos comerciais foram fechados devido a falta de legalização quanto ao alvará de funcionamento, pela Ordem Pública, além da apreensão de dois paredões de som", pontuou o secretário.

Ainda segundo informações do comando do 5º BPM, foram registradas seis notificações envolvendo menores de idade pela Vara da Infância e Juventude, sendo que um deles precisou ser conduzido até a Delegacia de Polícia Civil, pela Vara , além de mais nove pessoas que também foram detidas e conduzidas para esclarecimentos na delegacia. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 09/03/2015 - 23:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.62/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.6/5 (26 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



Relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o Programa Mais Médicos afirma que houve redução de profissionais em ao menos 49% das cidades atendidas pelo programa ao longo do primeiro ano de funcionamento.

O documento constatou ainda casos de cidades que receberam bolsistas e tiveram aumento inferior ao esperado no quadro de funcionários.

Segundo o ministro da Saúde, Arthur Chioro, em apenas 3% dos municípios atendidos pelo Mais Médicos houve redução de profissionais. Além disso, ele afirma que o documento está desatualizado.

De acordo com o órgão de fiscalização, os números indicariam que prefeituras podem ter dispensado profissionais que atuavam pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e substituído as vagas por integrantes do Mais Médicos - ação condenada pelo governo federal.

Os técnicos do TCU analisaram o período de junho de 2013 a março de 2014. Baseado nisso, apontaram que em 161 cidades que receberam bolsistas houve redução de médicos.

O Mais Médicos foi criado em 2013 com o objetivo de aumentar o número de profissionais atuantes na rede pública de saúde em regiões carentes, permitindo a vinda de profissionais estrangeiros ou de brasileiros que se formaram no exterior sem a necessidade de revalidação do diploma. (G1)




Publicado por: Daniel Campos - 06/03/2015 - 18:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.43/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.4/5 (23 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O Governo Municipal vem através da Secretaria de Segurança Cidadã promovendo um trabalho em parceria com diversos órgãos, no sentido de oferecer uma qualidade de vida digna para os munícipes de Petrolina - cidade que está posicionada entre as 100 melhores com qualidade de vida para criar os filhos, segundo recente estudo elaborado pelo instituto Delta Economics e Finance para revista Exame - Editora Abril.

A Guarda Municipal de Petrolina, órgão operativo da Secretaria de Segurança Cidadã, foi a 1° do Nordeste a conseguir a obtenção da concessão do porte de armas de fogo para os seus integrantes, mediante celebração de convênio com a Polícia Federal em 11 de outubro de 2010, estando assim apta a contribuir de forma mais efetiva na segurança da população petrolinense. Essa conquista foi fortalecida pela lei Federal Federal n° 13.022, sancionada em agosto de 2014, que padroniza o direito ao porte de arma para as GM´s do pais.

Em parceria com a Guarda Municipal, em operações como a segurança para os grandes eventos e operações de final do ano voltadas para o comércio, estão elencados os seguintes órgãos: 5º Batalhão da Polícia Militar (5º BPM), o Núcleo de Operações da Ordem Pública, a Empresa Petrolinense de Transito e Transporte Coletivo (EPTTC), agentes da Vigilância Sanitária, além do apoio de órgãos como a Vara da Infância e o Ministério Público.

Ainda nesta ultima quarta-feira (04), a Secretaria de Segurança Cidadã participou de mais uma reunião com o comando da Polícia Militar (5º BPM), o Núcleo de Operações da Ordem Pública e Vigilância Sanitária, para tratarem sobre as próximas operações no Munícipio.

À frente da Secretaria de Ordem Pública e Segurança Cidadã, o secretário Jenivaldo Santos considera importante esse trabalho com parcerias. "Conseguimos realizar um trabalho satisfatório, porque consideramos essenciais as atividades em conjunto com os outros órgãos operativos de segurança pública. A secretaria segue empenhada em cumprir sempre com o compromisso que o nosso gestor Julio Lossio tem com a melhoria da qualidade de vida das pessoas que vivem na cidade de Petrolina", afirmou o secretário. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 06/03/2015 - 12:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.14/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.1/5 (21 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



O secretário de Administração do Estado, Milton Coelho, se reuniu nesta quarta-feira (4) com representantes das associações de servidores da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco. O objetivo do encontro foi o de apresentar prospostas da nova lei de promoções das carreiras militares. O encontro aconteceu na sede da SAD, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, e reuniu ainda representantes da Secretaria de Defesa Social (SDS), e da Secretaria de Planejamento (Seplag).

Na ocasião, o Governo propôs às associações militares a promoção de 3.791 servidores de servidores dos dois órgãos operativos. Além disso, o Estado ofereceu aumento na gratificação e vale refeição para motoristas, no entanto, o secretário afirma que ainda está analisando junto à Secretaria da Fazenda (Sefaz) qual seria o percentual do reajuste.

Um dos representantes que se reuniram com o governo foi o presidente da Associação de Cabos e Soldados, Alberisson Carlos, que disse esperar mais da proposta. Além disso, ele explicou que pretende se reunir, na próxima quinta-feira (5), com as outras associações, para discutir uma nova proposta a ser apresentada ao Estado no próximo dia 9, um dia antes da assembleia da categoria, que acontece na próxima terça-feira (10), no Parque Treze de Maio, no bairro da Boa Vista, Área Central do Recife. (FolhaPE)




Publicado por: Daniel Campos - 05/02/2015 - 13:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.25/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.3/5 (32 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Guarda Municipal de Petrolina, Pernambuco, foi criada pela Lei nº 502, de 27 de abril de 1994 e regulamentada pela Lei nº 1.063, de 13 de julho de 2001. A referida lei contém a missão, a estrutura organizacional ingresso, formação, progresso funcional, remuneração, atribuições da corporação, fardamento, hierarquia nos diferentes níveis e variações, disciplina, regime de trabalho e sua competência no município. A missão precípua da Guarda: Promover e manter, em toda a cidade, a segurança patrimonial dos prédios, instalações e equipamentos públicos municipais; garantir o funcionamento dos serviços públicos; atuar junto à comunidade prestando informações turísticas e outras de utilidade pública, como também, ações que lhe venham a ser atribuídas em face de dispositivos de leis e regulamentos vigentes. Além disso, tem como missão acessória o apoio às ações desenvolvidas pelo órgão municipal de trânsito e pelos órgãos estaduais e federais, nas ações voltadas para a segurança pública e para a defesa civil, nos termos da legislação em vigor. Especificamente, auxiliar, dentro dos limites legais, os componentes das Polícias Militar e Civil, do corpo de Bombeiros, dos órgãos de Saúde Pública, os Agentes da Autoridade de Trânsito e os fiscais Municipais. Na Carta Magna, em seu artigo 144, § 8º, ao estabelecer atividades, órgãos e atuações frente à segurança pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio, preconiza a responsabilidade de todos, principalmente dos entes federativos (União, Estado, Distrito Federal e Municípios). Em termos práticos, o Município tem a responsabilidade de ajudar na segurança pública, e pode exercer esse papel através da Guarda Municipal por expresso dispositivo constitucional. Conforme reza a constituição, as Guardas Municipais têm a principal função proteger os bens, serviços e instalações, nos termos da lei, cuja atividade é de extrema relevância, podendo eventualmente, se solicitada atuarem juntamente com as instituições policiais na manutenção da ordem pública, fato já ocorrido no Município de Petrolina. É importante salientarmos que o Código Civil em seu artigo 2º, assegura que o

maior bem que o ser humano possui é a vida, segurança pública e educação são serviços que se prestam à população. Em relação às instalações referem-se aos prédios, praças, ruas, avenidas, e logradouros públicos. A Guarda Municipal desenvolve muitas palestras voltadas para o social com importantes temáticas tais como: Prevenção do uso de drogas ilícitas, violência de quaisquer naturezas, cidadania, meio ambiente, direitos humanos etc. Além de realizar rondas escolares através dos serviços de viaturas, dando apoio aos órgãos de ensino e formação do Guarda Mirim, com instruções e orientações para as nossas crianças, ajudando-os na melhoria do seu caráter e transformando-os em bons cidadãos para a sociedade, auxiliando dessa forma os pais na educação dos filhos. Num contexto mais amplo, tirando-as de uma situação de risco e fazendo um trabalho de inclusão social, principalmente nos bairros periféricos onde se exigem mais atenção, vez que a sociedade cresce numa escala de crimes e proliferação de drogas. Por isso, se faz necessário o trabalho das Guardas Municipais em todo o país de uma maneira mais plena, em detrimento das limitações impostas no artigo 144 concernente à atuação da referida instituição. Quanto ao preparo, a mesma fora instruída pela Polícia Federal, Polícia Militar de Petrolina e Juazeiro, Corpo de Bombeiros, professores da FACAPE, com aulas teóricas e práticas, nas mais diversas disciplinas, cumprindo à risca a grade curricular consoante exigência do SENASP (Secretaria Nacional de Segurança Pública). Portanto, a Guarda de Petrolina está apta para atuar nos limites do Município conforme a nossa Constituição Federal e legalmente fazer uso da arma de fogo no exercício de sua função sem ferir os preceitos da Lei Máxima, de acordo com o convênio estabelecido com a Polícia Federal dentro da sua esfera de atribuição, sem conflitar com as demais forças militares, contribuindo assim para a segurança das pessoas em toda à cidade. Entretanto, à aprovação da PLC 39/2014 recentemente amplia e consolida os poderes de polícia das Guardas Municipais conforme estatuto sancionado pela Presidenta Dilma Rousseff. Segundo o projeto, as Guardas ajudarão de forma mais intensa os demais órgãos de segurança pública no gerenciamento de conflitos. Considerando que o mapa da violência no país cresce significativamente, é salutar a importância desse dispositivo complementar para à categoria porque regulamenta os serviços e fortalece a importância das mesmas perante a sociedade do país. Hoje, as Guardas Municipais estão inseridas no contexto único de segurança como as demais polícias conforme a Constituição Federal. Antônio Damião Oliveira da Silva (damis.oliver@hotmail.com)

Guarda Municipal de Petrolina Pernambuco/graduado em Matemática.




Publicado por: Daniel Campos - 13/08/2014 - 09:30:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.84/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.8/5 (31 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



A Secretaria Executiva de Ordem Pública e Segurança Cidadã participou de uma reunião convocada pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, nesta última segunda (07). O encontro foi pautado no objetivo de garantir a eficácia do novo protocolo de segurança para os prédios públicos do Munícipio, tomando como prioridade o prédio sede do Governo Municipal, onde foi realizada a reunião, e que foi alvo de ação criminosa na madrugada desse último sábado (05).

Na reunião, o secretário executivo de Ordem Pública e Segurança Cidadã, Jota Santos apresentou medidas que serão adotadas, já a partir dessa semana, no sentido de reforçar a segurança dos prédios públicos do Munícipio. As medidas levantadas pelo secretário foram debatidas e aprovadas pela Sepog; agentes do comando da Guarda Municipal; e do Núcleo de Tecnologia e Informação da gestão, que darão apoio físico e estratégico na resolução das medidas.

O secretário pontuou as medidas que seguirão duas vertentes: reforço na estrutura física e no trabalho da Guarda Municipal. "Na parte da estrutura física implantaremos portões eletrônicos na rampa de acesso ao primeiro andar no prédio da prefeitura; ampliaremos em conjunto com a Sepog o sistema de monitoramento feito por câmeras internas e externas; reforçaremos também as portas dos setores que foram identificadas pela perícia com maior vulnerabilidade", definiu.

"O trabalho da Guarda ganhará reforço, com orientações que funcionarão como uma reciclagem para a categoria. Estabeleceremos um protocolo de atuação da guarda, onde os agentes responsáveis pela segurança dos prédios públicos passarão a portar arma de fogo; e estaremos todos voltados inicialmente para uma conscientização dos servidores da segurança e todos os demais setores sobre o cumprimento das normas de circulação nas áreas internas do prédio da prefeitura. É importante reforçar que no momento de descumprimento das normas de segurança, as pessoas podem ligar direto para a Secretaria de Segurança Cidadã nos telefones - (87)3862-9164-9213", concluiu o secretário Jota Santos. (Ascom)




Publicado por: Daniel Campos - 08/07/2014 - 15:00:00  
Gostou dessa matéria?
  • Currently 2.74/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2.7/5 (27 votos)

 

Comentários(0)  Imprimir  Compartilhar   



«Primeira «Recentes [1] 2 3 4 5 ... Antigas» Última»